Mais que soluções, atenção especial pra você e sua empresa!

Gráfica digital X gráfica offset: quais as diferenças e como juntar os 2 serviços em um?

Em tempos áureos da tecnologia, onde há fartura de recursos disponíveis ao nosso alcance, muitas discussões sobre a melhor utilização e aplicação destas tecnologias não são mais cabíveis para o atual momento globalizado em que estamos inseridos. No mundo tipográfico por exemplo, a comparação entre método mais indicado nem é mais passivo de comparação, se considerarmos que a finalidade de uma gráfica digital e gráfica offset, apesar de similares, lidam com perfis diferente de público. Por isso, dificilmente temos como classificá-las como concorrentes. E justamente por terem um nicho de mercado distinto, é que vale a pena implementar ou agregar os dois módulos de serviços em uma mesma empresa. Mas para não deixar dúvidas o melhor mesmo  é esclarecer a especialidade dos recurso de cada um, fazendo um comparativo gráfica digital X gráfica offset demonstrando o foco de atuação e aplicação de ambos os métodos de impressão.

Compreendendo a gráfica offset

Para iniciarmos este comparativo entre gráfica digital gráfica offset, vamos começar pela mais tradicional: a gráfica offset.Sempre que o serviço em questão exigir uma demanda de alto volume ou um grande formato de impressão, o método mais vantajoso para atender o projeto será através de uma impressão offset. Além de ser um ótimo custo benefício, neste método haverá mais opções de substratos para realizar a impressão, além é claro da qualidade superior ao processo digital.

Com início no século XX a impressão offset é, até hoje, a maneira mais utilizada comercialmente e seu processo de produção acontece em três etapas. O método funciona por meio de chapas de alumínio como meio de gravação e transferência de imagem. A imagem gravada na chapa é transferida até a blanqueta – cilindro coberto com borracha – e por fim, para o substrato (papel ou outro tipo de mídia). Cada parte da impressora possui uma única cor, impressa individualmente, e quando todas as cores são transferidas para o papel, a impressão é finalizada.

Se a impressão offset leva vantagem pela qualidade e pelo acabamento diferenciado, o sistema exige um prazo maior para execução do trabalho e seu custo de equipamento e de manutenção é bastante elevado se comparado a realidade de uma gráfica rápida. Em uma gráfica offset também se faz necessário a realização da pré-impressão, para checar se as cores saíram conforme a tonalidade esperada de cada uma.

Há ainda o processo de CTP (Computer-to-plate), onde o fotolito deixa de existir, pois a imagem é gravada diretamente na chapa que vai na máquina, através de um processo digital.

Velocidade e versatilidade de uma gráfica digital

Agora vamos falar de velocidade em nosso comparativo gráfica digital X gráfica offset.Quando o trabalho em execução ocorre por meio de uma gráfica digital, é  possível que o prazo de entrega aconteça em menos de 24 horas, além do qual é o modo de impressão que melhor atende as demandas de baixas tiragens. O sistema de produção é acelerado, pelo fato de que boa parte da mecânica do método convencional offset, como a gravação em chapa, não tem necessidade de acontecer. As cores são impressas de maneira direta sem intermediários entre tinta e substrato, oferecendo uma impressão mais rápida. Por isso, neste método, o custo operacional é bastante reduzido quando comparado ao modo offset.

Além do mais, em uma gráfica digital, com os recursos tecnológicos existentes no mercado, aumenta o número de aplicações como, por exemplo, a possibilidade de realizar impressos personalizados, convites, revelação de fotos, livros sob demanda, materiais promocionais e de marketing direto por meio dos dados variáveis, e tantos outros.

Gráfica digital X gráfica offset colocadas em sintonia com sua demanda

Acreditamos que ficou claro que não há um método superior ao outro, mas sim, dois sistemas distintos de impressão que irão atender públicos e demandas diferentes, conforme a necessidade de cada projeto. Por isso é válido agregar ambos os métodos em uma mesma empresa.

Tendo uma oferta maior, certamente a procura tende a aumentar também. Se você dispõe da variedade dos serviços de uma gráfica digital e offset, naturalmente cresce sua chance de aumentar sua carteira de clientes e a oportunidade de fidelizar estes clientes aumenta consideravelmente.

Por fim, fazendo este comparativo entre gráfica digital X gráfica offset, podemos concluir que podem perfeitamente serem implantadas de forma individual, dependendo da necessidade de sua gráfica, porém, quando colocadas para trabalharem juntas, podem somar ótimos resultados para sua empresa atender públicos e demandas diferenciadas. Além de agregar versatilidade em projetos que possam necessitar que os 2 processos trabalhem de forma conjunta.

× Atendimento Zap